Medicina Tradicional Chinesa – O Mecanismo da Menstruação

Existem muitos livros disponíveis que discutem o período hormonal do ciclo menstrual do ponto de vista médico ocidental, de modo que a informação não está incluída aqui. A Medicina Chinesa tem sua própria teoria do mecanismo da menstruação que deve ser entendida se também quisermos entender a menopausa da perspectiva da Médica Chinesa.

Na Medicina Chinesa, um nome da menstruação é Tian Kui, ou Água Celestial. Embora este termo tenha muitas interpretações, para os propósitos desta discussão sobre a menopausa é idêntico à menstruação. Como afirmado acima, a chegada de Tian Kui depende de uma superabundância de Sangue que transborda a cada 28 dias mais ou menos, nas mulheres adultas saudáveis.

A criação de sangue é o trabalho combinado de três órgãos, o Baço, o Coração e os Rins. O Baço destila a essência de comida e líquidos digeridos que envia ao Coração. Ao mesmo tempo, os Rins provêm uma pequena quantidade de Jing (Essência Vital) que também é enviada para o Coração;

Jing é o primordial, essencial, fundamental de todas as substâncias do corpo, e é, portanto exigido como um substrato em todos os processos metabólicos resultando na criação de uma substância pura como o sangue. Como afirmado nos clássicos da Medicina Chinesa, o sangue torna-se vermelho no coração. Isto significa que a transformação final dele ocorre no coração, e que então o coração bombeia o sangue para nutrir o resto do corpo.

Para que a menstruação ocorra, deve existir um sangue adicional acima e abaixo do que é exigido para a sobrevivência do corpo. Antes da puberdade, os Órgãos, neste casos especialmente o Baço e os Rins, não são maduros. Consequentemente, a produção de Qie sangue também não é madura. Portanto, não existe o adicional ou excesso de sangue exigido pela menstruação.

Até alcançar a puberdade, o Baço e os Rins estão maduros. Uma superabundância de Sangue é produzida e armazenada no Útero ou Câmara sanguínea. A esta altura, o Útero está pronto para a gravidez. Quando junta-se sangue suficiente ali, e se não ocorre uma gravidez, este sangue transborda, e flui como menstruado. A menarca e o início de todo o período menstrual é chamado de a chegada de Tian Kui ou Água Celestial.

A esta altura devemos retirar que até há poucos anos atrás, os Médicos da Medicina Chinesa não tinham microscópios nem testes do laboratório. Eles nada sabiam sobre óvulos e espermas, estrogênio, progesterona, ou outros hormônios. A compreensão do corpo através de técnicas sofisticadas, e em todas as maneiras bem lógicas era baseada apenas no que o médico que podia averiguar através do uso dos sentidos externos correlacionados com uma compreensão das funções dos órgãos e do fluxo de energia e sangue através dos canais e colaterais.

O Útero recebe muitos nomes na literatura chinesa, entre eles, o Palácio fetal, o Invólucro Fetal, a Câmara Sanguínea e o Órgão Envoltório. É um repositório – uma área de armazenamento e é considerada um dos Seis Extraordinários Intestinos. O Útero tem relações com diversos órgãos e Meridianos, os quais tem um papel na menstruação e precisam ser brevemente descritos.

A função fisiológica do Útero é primeiro dependente do Rim e do Coração, aos Órgãos que é ligado por dois meridianos colaterais ou secundários, respectivamente chamados de Bao Lu e de Bao Mai. Isso implica que a menstruação é normal quando o Coração (sangue) e o Rim implica que a menstruação é normal quando o coração (sangue) e o Rim (Qi e Jing) estão saudáveis em comunicação adequada com o Útero.

Adicionalmente, o Baço tem um papel aqui que, se estiver por qualquer razão fraco ou comprometido, pode não haver sangue abundante criado da função digestiva e primeiro enviado ao Coração para permitir uma menstruação normal.

Finalmente, vem o Fígado, que tem papel principal no ciclo menstrual, tendo um relacionamento íntimo com o Útero. Na realidade, o Fígado é tão importante para uma função ginecológica saudável que em algumas literaturas é considerado o Órgão Pré-natal nas mulheres, assim como os Rins são nos homens. Isto deve-se ao fato, como afirmado acima do sangue, do sangue ser a manifestação física externa do Jing nas mulheres, embora o Útero seja a Câmara de sangue, é o Fígado que armazena o sangue, isto é, o Fígado responsável pelo volume, fluxo e regularidade do ciclo menstrual e da nutrição do sangue, dos tendões, assim como de outros tecidos do corpo.

O Fígado tem outra função que também refere-se a menstruação. Ele é o responsável pelo que é chamado de evidência de fluxo de Qi através do corpo e especialmente na pélvis. Evidência significa naturalidade, regularidade e fluxo livre interrupto. Desde que o Qi comanda o sangue, estas duas funções do Fígado estão intimamente relacionadas. Se o Qi flui desobstruído, a menstruação também será normal, regular e indolor, e o Fígado armazena o sangue adequadamente, o fluxo menstrual será normal em volume. Qualquer coisa que rompe uma destas duas funções do Fígado – armazenamento do sangue e fluxo livre de Qi – provavelmente romperá a menstruação, e também terá um impacto negativo sobre a menopausa.

Junto com os órgãos, existem diversos meridianos que fluem através, ao redor, ou para o Útero, e podem afetar seu próprio funcionamento. Em relação ao Bao Luo e ao Bao Mai, mencionados acima, os meridianos do Rim, Baço e Fígado fluem todos através da pélvis com o Meridiano do Fígado diretamente circulando a genitália. Até mais importante, são dois dos assim denominados meridianos extraordinários, que circulam a Pélvis e tem uma relação íntima com todas as funções reprodutivas femininas.

Estes são o Ren Mai, algumas vezes chamado de Vaso Concepção e o Chong Mai, algumas vezes chamado de Vaso de Penetração ou Vaso Governador. O Ren Mai circula a maior parte do Qi na linha mediana anterior. Seu nome, Vaso de Concepção, indica uma relação íntima com o Útero. O Chong Mai carrega a maior parte do sangue e circula o cone central do corpo. De vez em quando se diz que o Qi do Ren Mai comanda o sangue do Chong Mai e que juntos estes dois meridianos são largamente responsáveis pela função reprodutiva feminina adequada.

O Chong Mai também pode ser chamado de Mar de Sangue, assim uma pessoa pode entender sua ligação íntima com o Útero e o Fígado. Se qualquer um destes meridianos for bloqueado, congestionando, ou deficiente, haverá consequências no relacionamento da menstruação e da menopausa.

Fonte: Menopausa Saudável na Medicina Chinesa Tradicional, pag.35,36 e37



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.