Preocupação – Medicina Chinesa

A preocupação é uma das causas emocionais de doença mais comuns em nossa sociedade. As mudanças sociais, extremamente rápidas e radicais, que tem ocorrido nas sociedades ocidentais nas últimas décadas, vêm criando um clima de certa insegurança em todas as esferas da vida; apenas um pequeno número de sábios Taoístas seria imune a preocupação!

Obviamente, há indivíduos que. possuidores de uma desarmonia preexistente dos órgãos internos, são muito propensos a preocupação. mesmo acerca de incidentes de pouca importância. Por exemplo, alguns indivíduos parecem muito tensos e preocupados. Num interrogatório mais apurado acerca de seu trabalho e vida familiar. muitas vezes nada de notável emerge.

Tais indivíduos simplesmente se preocupam excessivamente com atividades diárias triviais, tendendo a fazer tudo com pressa e a serem pressionados pelo tempo. Isto pode ser proveniente de uma fraqueza constitucional do Baço/Pâncreas. Coração ou Pulmões ou uma combinação dos três órgãos.

A preocupação prende o Qi causando Estagnação de Qi e afetando os Pulmões e o Baço/Pâncreas: afeta os Pulmões, pois quando se está preocupado a respiração é superficial: afeta o Baço/Pâncreas pelo fato deste órgão ser responsável pelo pensamento e pelas idéias.

A preocupação é a contraparte patológica da atividade mental do Baço/Pâncreas de gerar idéias. Em alguns casos. a preocupação pode também afetar o Figado como um resultado de estagnação dos Pulmões: sob a perspectiva dos Cinco Elementos, corresponde ao metal insultando a madeira. Quando isto ocorrer. o pescoço e os ombros serão tensos, tornando-se rígidos e doloridos.

Os sintomas e sinais causados pela preocupação irão variar de acordo com o órgão afetado: Pulmões ou Baço/Pâncreas. Se a preocupação afetar os Pulmões causará sensação desconfortável no tórax, dispneia moderada, ombros tensos, algumas vezes tosse seca e tez pálida. O pulso na posição Frontal direita (dos Pulmões) pode ser levemente atado ou em corda, indicando a ação da preocupação de prender o Qi.

Ao se julgar a qualidade do pulso do Pulmão, deve-se ter em mente que em circunstâncias normais, o pulso deve ser naturalmente macio (em relação às outras posições do pulso). Portanto. o pulso do Pulmão que for sentido tão duro quanto o pulso do Figado (normal) poderá ser considerado atado ou em corda.

Se a preocupação afetar o Baço/Páncreas, poderá causar pouco apetite, desconforto epigástrico moderado, certa dor e distensão abdominal, fadiga e tez pálida. O pulso na posição Média direita (Baço/Pâncreas) será levemente atado, porém fraco. Se a preocupação afetar também o Estômago (o que acontece quando o individuo se preocupa na hora das refeições), o pulso médio direito poderá ser fraco e flutuante.

A preocupação é a contraparte emocional da energia mental do Baço/Pâncreas, que é responsável pela concentração e pela memorização, quando o Baço/Pâncreas é saudável podemos nos concentrar no estudo ou no trabalho: o mesmo tipo de energia mental. quando perturbada pela preocupação, gera constante reflexão, pensamento “remoído” e preocupação acerca de determinados acontecimentos da vida.

Fonte: A Prática da Medicina Chinesa, Giovanni Maciocia, pg.217 e 218

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.